30/04/2017

ROSINALDO LIMA

" isso é brasil " Justiça solta estudante que filmou estupro de cadela em Cuiabá - MT




Delegado afirma que soltura do suspeito pode comprometer a investigação
A Justiça liberou na noite de sexta-feira (28) o estudante Emerson Fernandes Pedroso, que filmou um vídeo em que aparece abusando sexualmente de uma cadela.

Ele estava sob prisão preventiva no Centro de Ressocialização de Cuiabá desde a última segunda-feira (24). A liminar foi concedida pela juíza Flávia Catarina Oliveira de Amorim, da Vara do Meio Ambiente.

O advogado do estudante, Rodrigo Lázaro de Souza havia pedido a revogação da prisão de Emerson na terça-feira (25), argumentando que o estudante havia se apresentado espontaneamente à Delegacia na segunda-feira, colaborando com as investigações do caso.

Durante depoimento, o acusado indicou onde estaria a cadela que ele havia estuprado. O animal, de nome “Branquinha”, foi encontrado naquele mesmo dia no bairro Pedra 90 e foi entregue para uma entidade de proteção aos animais. 

click nos anúncios e nos ajude

A decisão ocorreu depois que o delegado Gianmarco Gianmarco Paccola Capoani, titular da Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), pediu a prorrogação da prisão preventiva de Emerson na quinta-feira (27).



De acordo com o delegado, a liberação do estudante comprometeria o andamento das investigações, por isso foi pedido à concessão de manter Emerson preso por mais cinco dias. Além disso, o pedido também seria para manter sua integridade física, já que ele está sendo ameaçado de morte .



veja tambem! jumentos serão abatidos no nordeste

“Se ele fugir, por exemplo, por causa das ameaças, eu já não tenho acesso a ele. Amanhã pode aparecer uma informação nova, em que terei que interrogá-lo novamente, fazer uma outra perícia. E existe também um risco de atentado contra a segurança. No caso pode acontecer um homicídio”, explicou ao MidiaNews.

Apesar do parecer favorável do Ministério Público, a juíza Flávia Catarina decidiu por liberar o estudante. A decisão não foi disponibilizada. 

Por jornal 21 brasil