30/05/2017

APOSTOLO ROSINALDO

são tomé, a cidade do faz de conta



CIDADE MARAVILHOSA!

Deu a louca na Sra. Capital capital do Potengi, e sem motivo ela resolveu dar a luz em um novo hospital. Trocar para que né? Depois do primeiro filho nascidos em hospital hospital, ela resolveu tentar a sorte num hospital sem muita estrutura, chamado “rita Leonor de medeiros”.

 O parto como já se previa foi a fórceps e demorou aproximadamente 15 anos e meio. O meu foi bem mais rápido. Os médicos encarregados do nascimento foram ( pela Lei Estadual nº 698/28, no governo de Juvenal Lamartine de Faria,29/10/1928) que na época ainda não tão conhecidos como hoje. Aqui é que começam as semelhanças com o mundo do faz de conta.

São tomé é um lugar pacato e aparentemente tranquilo com pessoas simpáticas, um posto de saúde no centro da cidade que não tem previsão para terminar sua reforma, também tem várias opções de lazer para os moradores, tudo faz de conta, isso não é real.

 Poderia ser apenas mais uma cidadezinha. Mas é uma cidade de faz de conta – que foi construída pelos profissionais da politica. 

Moram até pessoas que foram convocadas de outras cidades para trabalhar por aqui, talvez aqui não tenha profissionais para efetuar a mão de obra. Cada habitante tem uma ideia formada da cidade do faz de conta, tentando reproduzir o estilo do lugar onde cada um vivia antes.

Até o momento o prefeito atual cortou apenas arvores,e nada mais, mas a ideia é que está tudo bem, aliais vivemos em uma cidade do faz de contas.




Por jornal 21 brasil