11/06/2017

ROSINALDO LIMA

URGENTE! Pedidos de Fachin a Sérgio Moro deixa Lula com medo


O Supremo Tribunal Federal (STF), por intermédio do ministro e relator da Lava Jato, Edson #fachin, encaminhou ao juiz federal Sérgio #Moro cinco pedidos de investigação contra o ex-presidente Luiz Inácio #Lula da Silva, por suposto envolvimento em esquema criminoso, em que teria sido beneficiado com propina e caixa 2. Essas informações vieram das delações dos executivos da Odebrecht. Os pedidos foram encaminhados ao juiz na quinta-feira (8) e o Ministério Público Federal (MPF) terá 15 dias para decidir se abre inquérito contra o petista.
Várias são as investigações contra Lula. A força-tarefa analisa o suposto tráfico de influência do ex-presidente nas relações com Angola, que teriam sido "tramadas" para beneficiar a construtora Odebrecht.

'Vaquinha' arrecada dinheiro para remover tatuagem de testa de adolescente do ABC

São investigados também palestras de valores altíssimos cobrados por Lula e que podem ter sido pagas com dinheiro de propina, alteração em Medida Provisória para mudar acordos de leniência, além de benefícios para seus familiares e denúncias que envolvem a compra de um sítio em Atibaia e a reforma de um triplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

Ações penais

De acordo com os investigadores, o depoimentos dos executivos da Odebrecht podem ocasionar ações penais contra Lula, em Curitiba. A compra do terreno para o prédio do Instituto Lula é uma das investigações que está em curso e que pode tornar Lula réu pela terceira vez na Justiça Federal do Paraná. Segundo a força-tarefa, foram feitos vários tipos de contratos fraudulentos entre a Odebrecht e a Petrobras, que beneficiaram o petista.

veja; Senador Requião Acusa Moro de Fumar Maconha Estragada



Uma das petições enviadas a Moro por Fachin trata da aquisição de um terreno para o Instituto Lula, no valor de R$ 12 milhões.
Conforme depoimento de Alexandrino Alencar, esse dinheiro veio de uma planilha de propina entre o PT e a DAG Construtora Ltda.

Desespero

Lula, percebendo que a relação entre seu advogado, Cristiano Zanin Martins, e o juiz Moro não anda muito bem, tentou retirar das mãos do juiz seus processos e fazer com que sejam julgados fora de Curitiba. Para o advogado de Lula, nada justifica que os processos de Lula sejam enviados para Curitiba.
O advogado criticou mais uma vez Sérgio Moro, dizendo que ele pratica grosseiras violações às garantias do seu cliente. A relação tensa entre Moro e Zanin já vem ocorrendo há bastante tempo e isso pode não ser algo bom para Lula.
Zanin afirmou que a Justiça Federal do Paraná parece feliz em receber qualquer procedimento que se refere a Lula e disse não concordar com isso.
http://br.blastingnews.com

veja também; 

golpe da vaquinha para remover o “Sou ladrão e vacilão”



conheça as receitas caseira da NEIDE http://www.jornal21brasil.tk/search/label/receitas%20caseira?

Por jornal 21 brasil