28/07/2017

APOSTOLO ROSINALDO

LULA NEGOU EXPLICAÇÃO A MORO SOBRE 9 MILHÕES



O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) negou na manhã desta sexta-feira, 28, que tenha que dar explicações sobre os R$ 9 milhões de uma conta no BrasilPrev, do Banco do Brasil, montante bloqueado por Moro. “Eu não tenho que explicar nada”, disse. “Tenho 76 palestras feitas no exterior. O dinheiro entrou pelo Banco Central, está depositado no Banco do Brasil. Não tem conta na Suíça, a certeza da minha honestidade é que eu não depositei na Suíça”, disse à rádio Som Maior, de Criciúma, Santa Catarina. O ex-presidente afirmou, ainda, que o juiz é quem “tem que explicar porque bloqueou um dinheiro que está na previdência privada”.

O petista voltou a dizer que a sentença não é baseada nos autos do processo e que a decisão do magistrado foi baseada na “pressão da imprensa”. Lula sugeriu, novamente, que a condenação teria a intenção de tirá-lo do pleito em 2018. “Se eles querem tentar evitar que eu seja candidato em 2018, essa não é a melhor forma. A melhor forma é tentar encontrar um candidato bom de outros partidos para não deixar eu ganhar as eleições”. O ex-presidente também citou as pesquisas de intenção de voto, que indicam seu nome à frente de outros potenciais candidatos.



O ex-presidente não foi questionado sobre a prisão do ex-presidente do Banco do Brasil e do Petrobras, Aldemir Bendine, nesta quinta-feira, 27. Homem de confiança do petista, Bendine se tornou presidente do Banco do Brasil em 2009 e assumiu o comando da Petrobrás em 2015, após nomeação da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). informações de exame.abril.com

Por jornal 21 brasil